Total de visualizações

segunda-feira, 14 de maio de 2018


BALADA DO AMOR IMPOSSÍVEL


Cantem o amor! Enalteça-o!
O de Julieta e Romeu
Mas nem mesmo Sheakspeare
Cantou amor igual ao meu!

Dom Casmurro e Capitu?
Marília de Dirceu?
Não há na Literatura
Amor doentio qual o meu

Por Dorotéia, Dom Quixote
Moinhos de vento combateu
Mas nem o amor de Cervantes
É obsessivo quanto o meu

Sherek ama Fiona
E um burro, amigo seu
Mas nem o amor de um ogro
É mais estranho que o meu

Como é grande o meu amor
Roberto Carlos escreveu
Mas nem o amor de RC
Tem emoções mais que o meu

Jacó trabalhou por Raquel
Quatorze anos, sofreu
Mas nem o amor do patriarca
É mais servil que o meu

Salomão para a Sulamita
Seus Cantares escreveu
Mas nem o amor do rei
É mais romântico que o meu

Davi fez pacto com Jônatas
E este, a capa lhe deu
Mas nem o amor entre amigos
É mais leal que o meu

Quem jurou-me amor eterno
Por outro me esqueceu
Mas duvido que alguém
Te amou mais do que eu!